sábado, 12 de março de 2016

IRREGULARIDADES EM 38 OBRAS NAS 7 CIDADES DO CARIRI - APONTA O RELATÓRIO PROTOCOLADO EM FORTALEZA PELA MARCHA CONTRA A CORRUPÇÃO, SETE DELAS EM ALTANEIRA.

12/03/2016 - Relatório aponta indícios de irregularidades em 38 obras no Cariri ­ Site Miséria De 85 obras públicas visitadas em seis cidades da Região do Cariri, no sul do Ceará, 38 apresentaram indícios de irregularidades. A situação envolve obras inacabadas, paradas ou abandonadas, suspeita de superfaturamento, serviços de baixa qualidade, entre outros.
Aqui em nossa Altaneira, a Marcha pouco chamou a atenção da população, mas realizou excelente fiscalização, graças ao apoio dado pelo Sinsema, ARCA e pouco voluntários. Todas as obras a partir do ano de 2010 para cá, foram visitadas, fotografadas e relatadas. Tais como calçamentos em várias ruas, quadras esportivas, escolas e estadio de futebol, além do acervo de prestação de contas do Executivo existente na Câmara Municipal. Tal ação em iguais modos foram realizadas nos outros municípios, a saber Antonia do Norte, Crato, Nova Olinda, Assaré e Juazeiro do Norte. Esse é o balanço após visitas realizadas por integrantes da Associação Cearense de Combate à Corrupção e à Impunidade, em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil Ceará (OAB­CE), divulgado nesta sexta­ feira (11). O resultado integra o relatório da XV Marcha Contra a Corrupção e a Favor da Vida. As visitas foram realizadas entre os dias 10 e 25 de janeiro deste ano, nas cidades de Antonina do Norte, Assaré, Altaneira, Nova Olinda, Crato e Juazeiro do Norte. O conjunto dessas obras está orçado em R$ 47,6 milhões. "O que se está apurando é se houve falta de recursos ou má aplicação dos recursos", informou o presidente da Comissão de Controle Social e Gastos Públicos e conselheiro da OAB, Reginaldo Vilar. Os relatórios serão encaminhados para órgãos fiscalizadores, para que seja verificado se houve irregularidades. A ação teve com objetivo vistoriar obras que receberam recursos da União, Estados e do próprio município. "São obras que começaram e não terminaram, ou obra que não começou. Envolvem diversas áreas: saúde, cultura. Há casos de abandono da obra", disse o conselheiro. Vistorias Sete das 15 obras ficalizadas em Altaneira têm indícios de irregularidades. Em Antonina do Norte, das 10 visitadas, os técnicos acharam indícios em três. O mesmo ocorreu em Assaré, das 10, três apresentaram suspeitas de irregulares. No Crato e em Juazeiro do Norte, a situação é mais crítica: cada cidade teve visitadas 20 obras com recursos públicos, mas em nove obras de cada município foram identificados indícios. Por fim, em Nova Olinda foram visitadas 10 obras, e em duas foram apontados indicativos. O relatório vai ser encaminhado aos órgãos fiscalizadores ­ como o Ministério Público Estadual do Ceará (MPCE), Ministério Público Federal (MPF­CE) e Controladoria Geral da União (CGU) ­ a fim de que seja apurado se os recursos investidos nas obras foram usados de forma devida. Prefeituras O secretário de infraestrutura de Juazeiro do Norte, Rógeres Macêdo, informou que não tomou conhecimento das vistorias e não recebeu o relatório. Essa foi a mesma resposta do secretário de obras do Crato, Tácio Luís, que não quis comentar o assunto por não saber o teor dos trabalhos. http://www.miseria.com.br/?page=noticia&cod_not=165985 1/2 12/03/2016 Relatório aponta indícios de irregularidades em 38 obras no Cariri ­ Site Miséria O secretário de administração e finanças, Ariovaldo Soares Teles, afirmou que a administração não recebeu informações sobre irregularidades em obras desta gestão. "Todas as obras executadas ou em fase de execução no município são acompanhadas e fiscalizadas internamente pelo departamento de engenharia", defendeu. Ele acrescentou que as contas de 2013 e 2014 tramitam no Tribunal de Contas dos Municípios, "e até o momento não apontam também irregularidade". Fonte: G1 CE http://www.miseria.com.br/?page=noticia&cod_not=165985 2/2 CONFIRA FOTOS DA RECEPÇÃO DA MARCHA AQUI EM ALTANEIRA, E DOS TRABALHOS DE FISCALIZAÇAO DAS OBRAS,NOS DIAS 15 E 16 DE JANEIRO

Nenhum comentário:

Postar um comentário